SJC amplia o programa Escola Interativa nas 4 escolas-modelo – 06/09/2014

A Prefeitura de São José dos Campos amplia a partir desta semana o programa Escola Interativa nas quatro unidades da rede que serviram de modelo para a implantação do novo método de ensino e aprendizagem.Primeira a implantar o programa, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Mariana Teixeira Cornélio, no Jardim Telespark, região norte, atua desde o começo de agosto com 16 salas interativas, atendendo aos alunos do 6º ao 9º Anos. A partir desta semana, os estudantes do 1º ao 5º também passam a contar com o programa, totalizando 982 alunos beneficiados.

Também nesta semana o programa será ampliado para alunos do 1º ao 4º anos nas escolas Elizabete de Paula Honorato, no Jardim Mariana I, região leste, Homera da Silva Braga, no Jardim Morumbi, região sul, e Silvana Maria Ribeiro de Almeida, no Jardim Cerejeiras, região leste.

O Programa Escola Interativa será implantado em toda a rede municipal de ensino de São José dos Campos de forma gradual até 2016. Cada sala de aula será equipada com os seguintes recursos tecnológicos: servidor, notebook do professor, tablet do aluno, projetor interativo integrado com os demais equipamentos e conteúdo virtual obtido por meio de acesso à internet via wifi.

No último sábado, cerca de 1.500 pais e responsáveis estiveram na Escola de Ensino Fundamental Professora Silvana Maria Ribeiro de Almeida (Rua 4 de Março, 10), no Jardim Cerejeiras, região leste de São José dos Campos, para acompanhar os filhos na entrega dos tablets do programa Escola Interativa. Foi a 4ª escola da rede a implantar o novo sistema de aprendizado que une tecnologia e pedagogia.
Foram entregues 489 tablets para os alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental, totalizando 15 salas interativas. A cerimônia começou às 9h com apresentações musicais dos alunos e contou com a presença do prefeito, do secretário de Educação e demais autoridades do município.
O secretário de Educação ressaltou o bom desempenho da escola em avaliações recentes e afirmou que a chegada do programa na unidade irá melhorar ainda mais a qualidade do ensino. “A educação com lousa e caneta é um modelo que está se esgotando. Para melhorar, precisamos investir e melhorar a estrutura.”
A diretora da escola, Maria Angélica da Silva, disse ter certeza que a nova tecnologia irá melhorar ainda mais a qualidade da educação na unidade.
Durante a cerimônia, o prefeito anunciou que os alunos do 1º ao 4º ano também receberão seus tablets, já no próximo dia 11. “Estamos dando um salto de qualidade na educação de São José dos Campos.”