Prefeitura inaugura Laboratório de Educação Digital e Interativa – 03/08/2015

A Prefeitura de São José dos Campos inaugurou na manhã desta segunda-feira (3) o LEDI (Laboratório de Educação Digital e Interativa). Um centro de inteligência do Programa “Escola Interativa”, que funcionará em parceria com renomadas instituições: Unifesp – Campus de São José, Centro de Tecnologia da Informação (CTI) Renato Archer, de Campinas, Fundação Lemann e Parque Tecnológico.

O LEDI foi instalado nas dependências do Cedemp (Centro de Educação Empreendedora), no bairro Floradas de São José, região sul da cidade. A cerimônia de abertura contou com apresentações do Clube do Choro Pixinguinha da Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR) e Coral da Secretaria de Educação, que encantaram o público.

Na ocasião, as parcerias foram firmadas entre o prefeito e os representantes das instituições: diretor da Unifesp, Luiz Leduíno de Salles Neto; diretor-presidente do Instituto Lemmann, Denis Fernando Mizne; Victor Pellegrini Mammana, diretor do CTI Renato Archer; e o diretor geral do Parque Tecnológico.

O prefeito fez uma explanação sobre o programa, ressaltou a importância da tecnologia em sala de aula e agradeceu o apoio das primeiras instituições parceiras. “O Programa Escola Interativa está dando aos professores a possibilidade de revolucionarem suas aulas, tornando-as mais dinâmicas e participativas”, afirmou. “Não trata-se de um programa de governo, mas voltado para a qualidade da rede municipal de ensino e da cidade”, acrescentou.

Entusiasmados com o novo desafio, os parceiros foram unânimes em elogiar a iniciativa da Prefeitura e ressaltar a contribuição do programa para as gerações futuras. “São José dos Campos está à frente, não conheço nenhum projeto no Brasil com essa plenitude. Abraçamos esse projeto no primeiro momento”, afirmou o diretor do CTI Renato Archer, Victor Pellegrinni Mammana.

Professora da rede há dez anos, Cibele Alves, que atua na EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Professora Maria Ofélia Veneziani Pedrosa, também elogiou o programa e a implantação do LEDI. “A tecnologia vem para aguçar o interesse da criança pelos estudos, essa geração já está inserida no mundo da tecnologia e a sala de aula precisa acompanhar essa evolução para não fazer com que esse interesse pelo estudo acabe”, disse.

O que é o LEDI

O LEDI está inserido no Programa Escola Interativa, um novo processo de aprendizagem que une tecnologia e pedagogia que vem sendo implantando na rede municipal de ensino de São José. O programa completou um ano de criação em julho.

Até o momento, a Escola Interativa foi implantada em 17 Escolas de Ensino Fundamental (EMEFS) e em 63 Salas de Leitura Interativa nas escolas de Educação Infantil. O programa prevê a implantação de salas interativas nas 46 EMEFS da rede.

Para o secretário municipal de Educação, o LEDI é o ‘cérebro’ do Programa Escola Interativa. “Um grande programa empreendedor desse governo para a cidade”, enfatizou.

No Laboratório de Educação, serão realizadas atividades de Inclusão Digital, Educação Tecnológica e criação de conteúdo educativo digital, inclusive aplicativos e jogos pedagógicos que serão instalados nos tablets.

Além disso, serão oferecidos cursos de técnica de programação –como as linguagens de Scratch e Python. O objetivo é que os alunos sejam capazes de escrever pequenos programas de computador.

A equipe da Fundação Lemann vai dar continuidade à implantação das plataformas Kan Academy, Programaê! e Ensino Híbrido, recursos tecnológicos que já vêm sendo utilizados com sucesso por alguns professores em salas de aula.

As oficinas do LEDI serão disponibilizadas aos educadores da rede, alunos e posteriormente serão abertas à comunidade em geral.